Saulo Cavalcanti
Saulo Cavalcanti
Editor de conteúdo

Como cuidar dos seios durante a gravidez

  • grazigravida

    Parece que você descobriu a primeira grande coisa na gravidez: seus seios. Enquanto barrigas não costumam crescer até o segundo trimestre, os seios muitas vezes começam sua expansão dentro de semanas após a concepção, gradualmente percorrendo seu caminho através da escala de números do sutiã (você pode terminar finalmente três bojos maiores do que você começou). O que alimenta esse crescimento são aqueles hormônios que surgiram, os mesmos que aumentam o seu busto no período pré-menstrual, mas em níveis muito maiores. A gordura está se acumulando em seus seios, também, e o fluxo sanguíneo para a área está aumentando. E há uma razão para tudo esse inchaço – seus seios estão se preparando para alimentar seu bebê quando ele chegar.

    Além de seu tamanho em expansão, provavelmente você notará outras alterações nos seus seios. A aréola (área pigmentada ao redor do mamilo) vai escurecer, aumentar e pode ficar manchada com áreas ainda mais escuras. Esse escurecimento pode desaparecer, mas não desaparecerá completamente após o nascimento. As pequenas protuberâncias que você pode observar na aréola são glândulas de lubrificação, que se tornam mais proeminentes durante a gravidez e voltam ao normal depois. O roteiro complexo de veias azuis que atravessa os seios, muitas vezes vívidos em uma mulher de pele clara e às vezes nem mesmo perceptível em mulheres com a pele mais escura, representa um sistema da mãe para bebê de entrega de nutrientes e fluidos. Depois do parto – ou, se você estiver amamentando, às vezes depois do desmame do bebê – a aparência da pele voltará ao normal.

    Felizmente, o ganho de tamanho do bojo não continuará a vir com a dor (ou desconforto). Apesar de seus seios provavelmente continuarem a crescer ao longo de seus nove meses, não é provável que fiquem macios ao toque após o terceiro e quarto mês. Algumas mulheres acham que a maciez volta bem antes disso. No período em que estiver dolorido, alivie com compressas frias ou quentes (o que for mais suave).

    Quanto a saber se os seus seios vão acabar cedendo ou não, uma boa parcela disso é por conta da genética (se os de sua mãe caíram, os seus também poderão), mas parte disso é por sua conta. A flacidez não é só resultado da própria gravidez, mas de uma falta de sustentação durante a gravidez. Não importa o quão firme os seus seios estão agora, proteja-os para o futuro, usando um sutiã de sustentação. Se seus seios são particularmente grandes ou têm uma tendência à flacidez, é uma boa ideia usar um sutiã mesmo à noite. Você provavelmente encontrará um sutiã esportivo de algodão mais confortável para dormir.

    Nem todas as mulheres notam alterações pronunciadas nos seios no início da gravidez, e algumas acham que o crescimento ocorre tão gradualmente que não é perceptível. Tal como acontece com todas as coisas da gravidez, o que é normal é aquilo que é normal para os seus seios. E não se preocupe: apesar do crescimento mais lento, ou menos substancial, significar que você não terá que substituir sutiãs com tanta frequência, ele não terá qualquer impacto sobre a sua capacidade de amamentar.

    Saulo Cavalcanti
    Saulo Cavalcanti
    Editor de conteúdo

    Hipster, um pouquinho tímido, mas com muita coisa para contar. Ele adora internet, facebook, fotografia, livros e música. Tem uma paixão pela arte e literatura. Está cheio de vontade de ouvir sua opinião sobre o que ele escreve e não contem seu sorriso de felicidade ao saber que pode ajudar muitas pessoas.

    Fale conosco

    Comentários

x
Fórum de Discussão Doutíssima

Acesse o maior Fórum de Saúde, Beleza e Bem-Estar do Brasil!

Insira sua pergunta e um especialista irá respondê-lo!

Clique aqui e acesse agora!