Saiba o que é Artrite Reumatoide

Por: Adilson Costa

o que é artrite reumatoide

Hoje venho falar de uma doença que afeta 2% da população e geralmente afeta 2 vezes mais as mulheres do que os homens. Esta doença é chamada de Artrite Reumatoide.

O que é Artrite Reumatoide?

A artrite reumatoide (AR) é uma doença auto-imune, de longo prazo que leva à inflamação das articulações e dos tecidos circundantes. Ela também pode afetar outros órgãos.

orig_Artrite

Quais são causas?

As causas podem estarem associadas com fatores genéticos e ambientais (como o tabagismo). Mas geralmente a causa da AR é desconhecida. É uma doença autoimune, o que significa que o sistema imunológico do corpo ataca os tecidos saudáveis por engano.

A AR pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum na meia-idade. As mulheres sofrem de AR com mais frequência do que os homens.

Infecção, genes e mudanças hormonais podem estar relacionados com a doença.

Sintomas de Artrite reumatoide

A AR geralmente afeta os dois lados do corpo por igual. Punhos, dedos, joelhos, pés e tornozelos são os mais frequentemente afetados. A doença geralmente começa devagar, normalmente com pouca dor nas articulações, rigidez e fadiga.

Os sintomas nas articulações podem incluir:

  • É comum a rigidez matutina, que dura mais de uma hora. As articulações podem se tornar quentes, macias e rígidas quando não usadas por uma hora.
  • De modo geral, a dor nas articulações é sentida nos dois lados do corpo.
  • Com o tempo, as articulações perdem sua amplitude de movimento e podem se deformar.

Outros sintomas incluem:

  • Dor no peito ao inspirar (pleurisia)
  • Boca e olhos secos (síndrome de Sjögren)
  • Ardência, coceira e secreção no olho
  • Nódulos sob a pele (normalmente um sinal mais grave da doença)
  • Dormência, formigamento ou ardência nas mãos e nos pés

imgHandler.ashx

Tratamento para a Artrite Reumatoide

O tratamento para a AR possui geralmente 4 objetivos que são:

-Aliviar sintomas artríticos (dor);

-Manter ou aumentar o funcionamento físico;

-Limitar a incapacidade física;

-Evitar a toxicidade medicamentosa;

O tratamento fisioterapêutico

A reabilitação desses pacientes vai muito além da analgesia, que na maioria dos casos é momentânea (durando 1 a 2 horas) e de maneira isolada, não contribuirá com o controle da doença. A intervenção precoce é necessária para o sucesso do tratamento. A fisioterapia visa melhorar e manter a qualidade de vida do paciente com artrite reumatóide, levando em consideração a realização de atividades de lazer e de trabalho, bem como a higiene pessoal com independência. Mais especificamente, a fisioterapia tem como objetivo o controle  da dor e o aumento e a manutenção da amplitude  articular e da força muscular, a melhora da função cardio-respiratória, a proteção articular, a conservação de energia e a manutenção da função motora.

Exercícios de amplitude de movimento e programas de exercícios prescritos por um fisioterapeuta podem atrasar a perda de função da articulação e ajudar a manter os músculos fortes.

-Uso de aparelhos calor e frio ( Ultra Som Terapêutico e Turbilhão) para reduzir a dor e aumentar o movimento da articulação;

-Proteção Patelar;

-TENS (estimulação nervosa elétrica trans cutânea ) para aliviar a dor;

-Exercícios ;

-Massagem;

-Imobilização de articulações;

– Técnicas de proteção das articulações, dispositivos como talas e órteses para ajudar a sustentar e alinhar as articulações podem ser muito úteis;

Lembrando: Recomenda-se períodos frequentes de repouso entre as atividades, além de 8 a 10 horas de sono por noite.