Tomar vinho faz bem à saúde! Conheça os benefícios do consumo moderado desta bebida

Por: Redação Doutíssima

Há alguns anos se divulga que uma dose moderada de vinho faz bem à saúde, especialmente o tinto. A bebida se mostra muito útil não só para combater o câncer, mas também para reduzir o colesterol e prevenir a formação de coágulos nos vasos sanguíneos.

Que o vinho faz bem, muitas pessoas já sabem. Contudo, por que isso acontece nem sempre é compreendido. O tipo tinto do vinho faz bem porque ele uma substância antioxidante chamada resveratrol. Os benefícios do vinho para a saúde estão relacionados juntamente à a presença desta substância.

Entre os benefícios do vinho, ele ajuda a diminuir o risco de doenças cardíacas. Foto: Shutterstock
Entre os benefícios do vinho, ele ajuda a diminuir o risco de doenças cardíacas. Foto: Shutterstock

O vinho tinto possui cerca de 20 a 50 vezes mais resveratrol do que o vinho branco, especialmente porque, durante a produção, na fermentação, são incluídas as cascas das uvas que são ricas em resveratrol.

No que o vinho faz bem

O consumo de vinho faz bem para a prevenção e controle de uma série de doenças. Ingerindo a dose recomendada, a bebida é benéfica para a saúde e ajuda a diminuir o risco de doenças cardíacas, de tromboses, derrames e acidentes vasculares cerebrais, assim como a ocorrência de diminui infartos, além de ajudar a controlar a pressão alta e a diminuir o colesterol.

Um dos principais benefícios do vinho – impedir o aumento de peso – ocorre devido a substância piceatannol, presente no vinho tinto, que pode retardar a geração de células jovens de gordura e as impede de se transformarem em células maduras.

O ingrediente que garante que o vinho faz bem, o resveratrol, também pode prevenir os efeitos negativos do estilo de vida sedentário. No caso de mulheres que ingerem a dose recomendada, os benefícios do vinho podem diminuir o desenvolvimento de doenças como a osteoporose e artrite.

Outros benefícios potenciais do vinho permanecem em estudo, como a diminuição do risco de alguns tipos de câncer, como o de pulmão, de pele e de próstata. Lembrando que o indivíduo deve consultar seu médico para estabelecer se ele pode beber vinho e qual a melhor quantidade para sua condição física.

Consumo moderado

Além da substância resveratrol o vinho possui uma dose elevada de álcool. Por isto, apenas o consumo moderado do vinho faz bem. Quem não tem o hábito de ingerir bebidas alcóolicas, não deve começar a consumir vinho só por causa de seus benefícios. Também não vale exagerar: basta beber um copo de 250 ml de vinho tinto por dia para os homens e de 200 ml para as mulheres.

Os benefícios do vinho para a saúde sem o risco potencial presente no álcool podem ser encontrados no vinho sem álcool. Uvas tintas e suco de uvas tintas também contêm o resveratrol, mas ainda não se sabe se o álcool, que só existe no vinho, potencializa a ação benéfica da substância nos seres humanos.

Por fim, o vinho faz bem também pelo aspecto emocional. Dois fatores foram muito importantes no surgimento e no desenvolvimento das técnicas de produção de vinho, e que explicam o seu sucesso da bebida até os dias de hoje, são a saúde e o prazer. Foram esses dois parâmetros que nortearam os povos antigos na sofisticação do preparo do vinho, permitindo que, atualmente, pudéssemos desfrutar de uma bebida com propriedades tão maravilhosas.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

Saiba mais:

Conheça os malefícios do sobrepeso para sua saúde bucal

Tratamento para obesidade: quando é hora de procurar e quais os melhores tratamentos paracombater o excesso de peso

Ler as informações nutricionais do rótulo dos alimentos pode ajudar a perder peso

Não espere mais! Aprenda como acelerar o metabolismo e perca peso ainda mais rápido

Composição corporal: o que você precisa saber para perder peso com saúde e de maneira definitiva

DIETA DE PROTEINAS : Já ouviu falar na dieta de proteínas? Saiba mais sobre essa dieta, suasconsequências e possíveis benefícios para saúde e perda de peso

Saiba mais sobre a nova maneira de perder peso: aplicativos para dieta nos smartphone

16 dicas para perder peso

Antes e depois: Mãe de dois, Perlla comemora perda de peso

Metade da população de São Paulo está acima do peso

Aparelho de Musculação ou peso livre: qual a diferença?

8 Hábitos que garantem uma dieta para perder peso

Um em cada três adultos tem excesso de peso ou é obeso

Como aumentar seu peso