Quantidade de sódio nos alimentos pode ser nociva. Veja como descobrir

Por: Redação Doutíssima

O seu corpo precisa de sódio para funcionar de forma correta. Essa substância ajuda a manter o equilíbrio de fluidos em seu corpo e a transmitir impulsos nervosos, além de influenciar na contração e no relaxamento dos músculos.

Mas atualmente muitos nutricionistas indicam que devemos reduzir a quantidade de sódio nos alimentos que consumimos. Você sabe o motivo?

quantidade-de-sódio-nos-alimentos
Mantenha o nível de sódio sob controle para evitar problemas. Foto: Shutterstock

É simples: quando consumimos este mineral em excesso ao longo do tempo, é possível que essa ingestão demasiada possa levar a problemas graves para a saúde. Por isso, cuidar a quantidade de sódio nos alimentos que ingerimos é de fundamental importância para a manutenção da saúde e do bem-estar.

Veja como descobrir a quantidade de sódio nos alimentos e manter o seu consumo nos valores ideais.

Quantidade de sódio nos alimentos e seus problemas

Você não precisa adicionar muito sal de cozinha à sua comida para ultrapassar os limites de consumo. Isso porque 75% do sal que ingerimos já está em alimentos que consumimos prontos, como pães, cereais matinais e refeições prontas.

Uma dieta rica em sal pode causar aumento da pressão arterial, que muitas vezes não apresenta sintomas, mas pode desenvolver doenças cardiovasculares. Mas os riscos para a saúde associados com o excesso de consumo de sódio não se limitam apenas a adultos.

De acordo com a American Heart Association, 97% das crianças e adolescentes consomem sódio excessivamente, o que aumenta o risco de doenças do coração à medida em que envelhecem. Os riscos à saúde adicionais associados são a osteoporose, câncer no estômago e doença renal.

Qual é a quantidade de sódio nos alimentos ideal?

Os adultos devem comer mais do que 5 gramas de sal por dia (2.000 mg de sódio), o que é em torno de uma colher de chá. Já as crianças devem consumir bem menos. Por exemplo, uma criança com um ano de idade deve consumir cerca de 1 grama de sódio diariamente, já uma criança com seis anos, apenas 3 gramas.

Por isso, cortar a adição de sal nos alimentos que preparamos é apenas uma pequena parte da solução para diminuir o seu consumo. Para uma solução efetiva, é preciso buscar a quantidade de sódio nos alimentos no supermercado e escolher as opções com menor taxa.

Felizmente, os rótulos nutricionais nas embalagens dos alimentos tornam esta tarefa muito mais fácil. Muitos alimentos também apresentar informação sobre o teor de sal como cloreto de sódio. Para descobrir se um alimento tem um baixo ou um alto teor de sódio, você pode usar o esquema:

– Elevado: mais que 1000 mg em 100 gramas de produto.

– Baixo: menos que 200mg em 100 gramas de produto.

É claro que uma maneira fácil de comer menos sal é parar de adicionar o condimento à sua comida durante o cozimento e na mesa de jantar. Se você regularmente adiciona sal aos alimentos ao cozinhar, tente cortá-lo pela metade ou menos.

Você vai redescobrir os sabores reais dos seus alimentos favoritos. E quando você se sentar para comer, saboreie sua comida primeiro, antes de ver se precisa de sal.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!