Veja dicas para descobrir a quantidade de açúcar nos alimentos

Por: Redação Doutíssima

Você tem tempo para preparar o seu alimento todos os dias, ir à feira em busca de vegetais frescos e comparar os rótulos de tudo o que compra no supermercado? Se a resposta for não, saiba que faz parte de um grupo grande de pessoas que possuem dificuldades em manter uma dieta saudável – o que começa na identificação da quantidade de açúcar nos alimentos.

Alerta à quantidade de açúcar nos alimentos

O açúcar é um dos nutrientes essenciais para o organismo e sem ele as células do nosso corpo morreriam. No entanto, o seu consumo excessivo pode aumentar o risco de vários problemas de saúde, incluindo a má saúde dental, a obesidade e o tipo 2 do diabetes. Por essas razões, torna-se fundamental conhecer a quantidade de açúcar nos alimentos que consumimos.

quantidade-de-açúcar-nos-alimentos
Conhecer as informações nutricionais ajuda a identificar a presença do açúcar. Foto: Shutterstock

Como descobrir a quantidade de açúcar nos alimentos

Se você deseja manter o controle dos níveis de açúcar no organismo, é importante saber como descobrir a quantidade de açúcar nos alimentos.

Os açúcares adicionados se escondem em muitos alimentos processados. Apesar das empresas de alimentos trocarem substâncias, os seus produtos não são necessariamente sem açúcar. Na verdade, eles podem conter tanto açúcar como antes, apenas de uma forma diferente. Confira 4 dicas importantes a seguir.

1. Verifique a quantidade de açúcares totais

Para descobrir a quantidade de açúcar nos alimentos, é preciso olhar as informações nutricionais que estão nos rótulos dos alimentos. Em “açúcares”, podem estar descritos açúcares naturais (como a lactose e a frutose) que geralmente não são um problema.

Novas diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendam que apenas 5% do total de calorias ingeridas venha do açúcar. Essa taxa equivale a 25 gramas de açúcar por dia (cerca de seis colheres de chá). Por isso, verifique se a quantidade de açúcar contida no alimento fique bem abaixo deste número.

2. Fique de olho na lista de ingredientes

No rótulo dos alimentos, a lista de ingredientes aparece em ordem decrescente, ou seja, quanto antes vier o açúcar nessa lista, maior a sua concentração no alimento.

Tenha um cuidado especial na busca dessa informação, já que o açúcar pode aparecer com outros nomes, como açúcar mascavo, açúcar cristal, mel, xarope, melado, glicose, dextrose, maltose e concentrados de frutas.

3. Compare produtos

Ficou na dúvida se aquele alimento tem muito açúcar ou não? Outra forma de descobrir a quantidade de açúcar nos alimentos é comparar com outro produto similar ao que você pretende consumir.

Tenha em mente que mesmo que algumas marcas sejam mais famosas, nem sempre são a melhor para a sua saúde. Se ainda assim ficar em dúvida, sempre busca versões mais naturais.

4. Não esqueça dos adoçantes

Essa é uma das formas mais utilizadas pelas pessoas que querem diminuir o consumo de açúcar. Porém, nem sempre é a alternativa mais saudável. Muitos especialistas vêm estudando os adoçantes artificiais e alguns deles dizem que podem causar uma variedade de problemas à saúde.

A sacarina, por exemplo, um substituto do açúcar de baixa caloria, foi listado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um possível agente cancerígeno em humanos, após um estudo que mostrou um risco de câncer de bexiga em ratos. Por isso, especialistas recomendam que mesmos os adoçantes devem ser consumidos com moderação.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!