Conheça as opções de tratamento de câncer de próstata e enfrente a doença

Por: Redação Doutíssima

O câncer de próstata é uma das doenças que mais causa medo nos homens. Não é para menos: afinal, cerca de 60% de toda população masculina com mais de 80 anos acaba desenvolvendo o tumor. Por isso, conhecer diferentes métodos de tratamento de câncer de próstata é essencial.

tratamento-de-câncer-de-próstata
Doença é um dos maiores temores entre os homens. Foto: iStock, Getty Images

A ocorrência deste tipo de câncer é rara antes dos 50 anos. Contudo, quando registrada em homens mais novos, a enfermidade tende a ser mais agressiva. E o principal problema é o seu silêncio: o câncer de próstata não apresenta sintomas.

Em geral, as pessoas confundem a doença com a hiperplasia prostática, que nada mais é que o aumento da próstata, que pode ocasionalmente obstruir a saída de urina. Somente em casos mais avançados é que alguns efeitos, como o bloqueio da uretra, podem ser percebidos.

O que causa alívio aos homens é que várias são as formas de tratamento de câncer de próstata oferecidas hoje, devido ao avanço da medicina.

Causas e formas de tratamento de câncer de próstata

As suspeitas da causa da doença vão desde correlações com fatores genéticos até aspectos ligados à dieta de quem desenvolve o câncer.

Ainda que não se saiba apontar com segurança quais alimentos contribuem mais para o aparecimento da enfermidade, acredita-se que o consumo de tomates, selênio e vitamina A (bife de fígado, cenoura e batata-doce, por exemplo) possa ajudar na proteção.

Antes de pensar nas possibilidades de combater a doença, é necessário saber como ela é detectada. Os exames de PSA (antígeno prostático específico) e de palpação digital ou toque retal são essenciais a partir dos 45 anos, quando a verificação da glândula da próstata deve ser realizada anualmente.

Ao realizar os exames, o médico urologista é capaz de identificar tumores ainda em estágios iniciais. Quando houver suspeita de alteração, o passo seguinte é a biópsia da próstata.

O tratamento de câncer de próstata mais indicado para cada situação varia conforme a graduação da malignidade, que segue uma escala (chamada de escala Gleason) de 2 a 10, considerando que quanto maior o escore, mais invasivo é o tumor.

Opções no tratamento de câncer de próstata

– Prostatectomia radical

Remoção integral da próstata e das vesículas seminais. Essa operação pode ser feita por incisões abdominal ou pequenos cortes na região do períneo.

– Radioterapia externa

A radioterapia conformacional traz bons resultados sempre que o cálculo da dose e emissão da radiação é feito em três dimensões.

– Braquiterapia

É o tratamento de câncer de próstata realizado a partir da aplicação de pequenas “sementes” radioativas, que liberam radiação somente na região próxima ao órgão afetado.

– Crioterapia

Ainda em fase de testes, resume-se ao tratamento de câncer de próstata baseado no congelamento da glândula. A efetividade ainda não é comprovada exatamente por seguir em período experimental.

– Ultrasom concentrado de alta intensidade

Ondas de ultrasom de alta frequência aquecem e destroem as células cancerígenas. Também é uma alternativa em experimentação.

– Terapia hormonal

Pode ser usada isoladamente ou em combinação com outros tratamentos. A proposta é inibir o fluxo de testosterona nas células cancerosas. Pode ser aplicada a partir de injeções ou comprimidos.

Outras alternativas de tratamento da doença, quando em estágios mais avançados, incluem:

– Bisfosfonatos

Fármaco que pode ser administrado a homens com câncer de próstata que tenham registrado a extensão da doença para os ossos. Tais medicamentos não curam o câncer, mas ajudam no alívio dos sintomas.

– Quimioterapia

Drogas que eliminam as células cancerígenas, mas que ainda demonstram efeitos colaterais indesejáveis.

– Radioterapia paliativa

Não resolve o problema, mas auxilia na redução das dores provocadas pelo câncer.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!