Como manter as unhas curtas limpas e bonitas

Por: Redação Doutíssima

Unhas curtas são certamente muito mais práticas e fáceis de cuidar do que unhas compridas, quanto a isso não há dúvida. Mas muitas mulheres ainda encaram as unhas longas como um padrão de beleza estabelecido pela mídia e pela sociedade.

 

Assim como a moda, as ditaduras de beleza servem para serem destronadas. Unhas bonitas não dependem do seu comprimento alongado ou de quanto trabalho você tem para mantê-las. Afinal, beleza é uma questão pessoal e cada mulher deve usar aquilo que a valoriza e a faz se sentir bem.

unhas curtas
Cortadores de unha devem ser usados com cuidado porque podem lascar as lâminas. Foto: iStock, Getty Images

Como manter as unhas curtas

As unhas podem ser mantidas em um comprimento curto com o uso da lixa de unhas. Ela serve para controlar o tamanho e o formato das unhas e é ótima para que as extremidades não fiquem quebradas, causando desconforto ao tocar em objetos.

Ao aparar o comprimento das unhas, é preferível utilizar a lixa. Tesouras e cortadores podem envergar ou dobrar as lâminas, causando lascas. No entanto, se as unhas estiverem muito compridas, reduzir o tamanho com a lixa pode ser um tanto trabalhoso. Se esse é o seu caso, opte pelos utensílios de corte, porém manuseie com cuidado.

Unhas muito grossas têm ainda mais tendência a lascar quando cortadas. Para evitar contratempos, prefira aparar as lâminas após o banho, quando estão amolecidas. Se não for possível, tente deixar as pontas dos dedos de molho em água morna por alguns minutos antes de passar a tesoura.

O tamanho mínimo para as unhas curtas é onde a lâmina fica com um pequeno espaço projetado sobre a pele, que percebemos pela coloração mais esbranquiçada. A parte da unha que é colada na pele varia de pessoa para pessoa e, às vezes, de dedo para dedo. É preciso tomar cuidado para não machucar essa área.

Unhas curtas limpas e bonitas

A tendência é de que as unhas curtas juntem menos sujeira do que as longas, no entanto elas também precisam de cuidados frequentes para que o visual se mantenha bonito. O formato das unhas, mesmo curtas, deve ser levemente arredondado, como uma linha paralela que imita a curvatura da ponta dos dedos.

A cutícula é um mecanismo de defesa das unhas, então nada de remover essa proteção. A melhor maneira de lidar com a cutícula é hidratá-la todos os dias e, eventualmente, empurrá-la na direção contrária do seu crescimento.

Quanto à esmaltação, de unhas curtas para longas não há diferenças, apenas preferências. Esmaltes em tons escuros fazem as unhas que já são pequenas parecerem menores, mas isso é apenas uma questão de gosto.

 

Para estarem sempre bonitas e bem cuidadas, as unhas curtas precisam também estar saudáveis. E saúde começa por dentro. Uma alimentação balanceada é capaz de trazer saúde e equilíbrio para todo o corpo, inclusive para as unhas.

Segundo o portal da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Piauí (SBD-PI), uma alimentação saudável e balanceada é capaz de manter o aspecto estético do corpo (como a aparência das unhas) e contribui para o bom funcionamento do organismo.

Manchas, deformações e sinais que lhe são estranhos exigem atenção. Se você notar qualquer anormalidade nas lâminas, consulte um dermatologista. As unhas podem indicar sinais de infecções, deficiências vitamínicas e até doenças sistêmicas. Fique de olho e cuide de você.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!