Para a maioria da população, controlar as calorias ingeridas diariamente é um desafio. Mas imagine o oposto, quando o objetivo é consumir em um dia o que pessoas comuns comem em uma semana. É o que ocorre no caso da dieta hipercalórica do ator islandês Hafbor Júlíus Björnsson, intérprete do personagem Montanha, da série Game of Thrones.

Aos 27 anos, com mais de dois metros de altura e 180 kg, ele é atleta de levantamento de peso e se prepara para concorrer ao título de homem mais forte do mundo. Para isso, ingere nada menos do que 12 mil calorias diariamente – cerca de cinco vezes mais do que o indicado para alguém de sua idade.

Entenda a dieta do ator islandês

O principal componente da dieta de Björnsson é a proteína. Para os adeptos das atividades físicas, seus benefícios já são bem conhecidos. A ingestão proteica melhora os efeitos dos treinamentos de resistência, pois auxilia no crescimento dos músculos, conforme já afirmaram pesquisas científicas publicadas no periódico Journal of Physiology.

Com o intuito de garantir esses benefícios no desenvolvimento muscular, o atleta consome 850 gramas de proteína por dia – o dobro do recomendado para uma pessoa comum. Além disso, ainda há espaço em seu cardápio para 800 gramas de carboidratos. A justificativa seria repor as energias de seus treinos de alto impacto.

Dieta hipercalórica
Intérprete do Montanha consome 12 mil calorias por dia. Foto: Instagram, Reprodução

Na dieta compartilhada pelo atleta nas redes sociais, é possível perceber que não faltam ingredientes como carnes, ovos, batata-doce, aveia, espinafre e frutas em sua rotina alimentar. A suplementação também faz parte da dieta.

O cardápio pode ser considerado saudável, o problema poderia estar nas quantidades exorbitantesMesmo que tenha sido pensada para um atleta de alto nível, há especialistas que detectam certo exagero na dieta hipercalórica do ator.

Em entrevista à BBC, a nutricionista Glenys Jones, da Associação para a Nutrição de Londres, reforçou que as calorias consumidas diariamente por ele equivalem ao que uma pessoa comum ingere na semana inteira.

Para Glenys, trata-se de um volume muito alto, mesmo para um homem como Björnsson. Por isso, antes de pensar em aderir a uma dieta hipercalórica para ganhar músculos, considere os riscos e entre em contato com o seu nutricionista. 

Cuidados com a dieta hipercalórica

Em relação à dieta hipercalórica, é possível mencionar três alertas principais. O primeiro se refere aos rins: sem acompanhamento médico, você pode sobrecarregá-los e causar sérios danos à saúde ao aderir a esse tipo de plano alimentar.

Outro ponto importante é o exagero nos carboidratos, que eventualmente contribuem para aumentar a gordura corporal e, consequentemente, elevam o risco do desenvolvimento de diabetes e câncer. Se você aliar a ingestão exagerada de calorias à suplementação, o cenário pode ainda ficar mais perigoso.

A nutricionista britânica pondera que não é necessário investir em suplementos para conseguir bons resultados na academia. Quando consumidos em uma dieta hipercalórica, eles sobrecarregam ainda mais o corpo na hora de metabolizar tudo o que foi consumido. É por isso que o próprio Björnsson já recomenda que ninguém faça a sua dieta.

E aí, o que achou da dieta hipercalórica de Björnsson? Deixe a sua opinião nos comentários.