Você sabia que 25 de maio é conhecido como o Dia Internacional da Criança Desaparecida? Tudo começou em 1979, quando Etan Patz, de 6 anos, desapareceu nas ruas de Nova York, a caminho da escola. A data serve como alerta para cuidados com as crianças em locais públicos.

Cuidados com as crianças em locais públicos

Seja soltando pipa, jogando futebol ou indo para a escola, os pais precisam estar atentos quando as crianças estão em locais públicos.É nessas horas que um estranho pode se aproximar ou que os pequenos podem se perder.

Não é uma tarefa fácil falar com as crianças sobre a realidade do mundo. Quanto mais novos, mais difícil costuma ser para eles entender a dimensão de tudo que pode acontecer. Por isso, comece aos poucos.

A primeira conversa sobre esse assunto deve ser quando a criança entrar na escola. Os pais devem ficar atentos ao tom usado para fazer essas orientações, para não despertar pânico. Instrua seu filho a contar sempre para você ou outro responsável quando algum tipo de abordagem acontecer.

As medidas de prevenção incluem ensinar os nomes completos dos pais, número para contato e etiquetar as roupas das crianças com dados dos responsáveis. Afinal, vale a pena estar atento.

Quando a adolescência chega, é conquistado certo grau de independência dos pais. Esse é outro momento em que é necessário falar com seus filhos sobre os riscos que podem encontrar na rua. Usar o celular na rua, por exemplo, pode resultar em uma abordagem violenta. Não abra mão do diálogo.

Cuidados com as crianças em locais públicos
Esteja sempre atento ao local em que as crianças estão. Foto: iStock, Getty Images

A quem pedir ajuda?

Estimativas do Governo Federal apontam que todo ano 40 mil crianças e adolescentes desaparecem no país. Entre os motivos estão fugas por maus-tratos, pedofilia e dependência química. Mas esse nem sempre é o caso e você precisa saber como lidar.

Não é necessário, por exemplo, esperar 24 horas para registrar o boletim de ocorrência de desaparecimento. A Lei de Busca Imediata garante esse direito. Então, assim que identificar a ausência de seu filho, procure imediatamente a delegacia de Polícia para informar o ocorrido.

Para ajudar na localização, não se esqueça de levar uma foto da criança ou adolescente desaparecido. Já o Disque 100 funciona como canal de denúncia contra violações dos direitos humanos e também conta com uma sessão em que é possível buscar informações sobre crianças e adolescentes que sumiram.

Através desse canal, é possível comunicar o desaparecimento ou passar informações sobre a localização de alguém. O Disque 100 atende 24 horas por dia, sete dias da semana. Decore esse número.

E aí, anotou os cuidados com as crianças em locais públicos? Compartilhe em suas redes sociais e permita que seus amigos também saibam.