Seja nas datas comemorativas ou para aproveitar o domingo, reunir a família ao redor da churrasqueira é sempre uma ótima opção para as refeições. Mas você sabe como calcular carne para o churrasco sem errar? Com a medida certa, fica fácil evitar o desperdício e garantir que todo mundo vai sair satisfeito.

Além de acertar na quantidade, também é preciso ficar atento ao corte ideal, ao modo de temperar, ao ponto certo e até mesmo na técnica para acender e controlar o fogo. Tudo para deixar o encontro ainda mais saboroso e especial.  

Como calcular carne para churrasco
Um bom churrasco vai desde a escolha e tempero das peças, até a forma de acender o fogo. Foto: iStock, Getty Images

Como calcular carne para churrasco

As principais carnes indicadas para um bom churrasco são cupim, maminha, fraldinha, alcatra, picanha e costela. Mas independente do tipo, na hora de aprender como calcular carne para churrasco a dica é comprar 400 gramas por adulto.

Já para crianças, a quantidade muda um pouco. Aquelas entre seis e 11 anos de idade podem ser contabilizados como meio adulto. Ou seja, 200 gramas. A partir dessa idade, a conta pode aumentar gradativamente. Depois dos 15 anos já podem ser considerados os valores de adultos.

Além de saber como calcular carne para churrasco, outros cuidados são importantes na hora da escolha. Para garantir a boa qualidade das peças e que ficarão macias e suculentas quando prontas, elas precisam ter marmoreio (fibras brancas que entremeiam a carne). Também deve-se ficar atento à data de validade e à procedência

Já a aparência da carne deve ser o mais vermelha e brilhosa possível. As mais escuras e opacas devem ser descartadas, pois já não está no ponto ideal e podem prejudicar a qualidade da refeição.

Outras dicas para preparar o churrasco

Depois de saber como escolher e como calcular carne para churrasco, chegou a hora de preparar as peças. O primeiro passo é o tempero adequado, fundamental para que elas fiquem macias, saborosas e assem corretamente. 

No caso do churrasco, o único ingrediente que deve ser usado é o sal grosso, pois outros temperos podem ressecar e alterar o sabor. O sal deve ser passado de forma abundante por toda a superfície da carne, até que tudo esteja coberto. Esse processo deve ser feito pouco tempo antes de colocar o corte na churrasqueira.

Para acender o fogo, cerca de dez minutos antes de as carnes serem colocadas na churrasqueira, é indicado despejar uma quantidade pequena de carvão bem seco, só para começar. O próximo passo é ensopar um pedaço de pão velho (ou jornal enrolado) em álcool e colocá-lo no meio do carvão.

Com cuidado, o fogo deve ser aceso jogando um fósforo de longe. Após baixar e o carvão virar brasa, é hora de colocar a carne. Ela deve ser assada sempre na brasa bem vermelha, porque o fogo, quando em excesso, queima demais por fora e deixa a peça crua por dentro. 

Por fim, é só aguardar até que o churrasco esteja no ponto preferido dos convidados e servir. Antes disso, porém, vale outro cuidado: bater bem a carne antes de servir, para retirar o excesso de sal. Pronto, é só se deliciar.

E aí, aprendeu como calcular carne para churrasco? Compartilhe o artigo com os seus amigos e aproveite!