Se o seu estado civil é de solteira, é provável que você esteja se preparando emocionalmente para sobreviver ao romantismo do mês de junho, quando é comemorado o Dia dos Namorados. Neste período do ano, aumenta a pressão para arrumar um namorado  nem sempre é fácil lidar com isso.

Segundo o psicólogo Alexandre Bez, a exclusão social de uma data como essa pode aflorar sentimentos ruins e – dependendo do caso – até levar a crises de ansiedade e depressão. Ele aponta ainda que, especialmente em épocas comemorativas, o inconsciente do indivíduo pode dominar o estado psicoemocional e trazer à tona lembranças desagradáveis de antigos relacionamentos.

Cada pessoa, porém, lida com o fato de estar solteira no Dia dos Namorados de forma diferente. Há quem fique enlouquecida atrás de um companheiro, mas também quem deseje encontrar sua cara metade – só que não a qualquer custo. Tem ainda quem nem liga.

E você, sabe em qual categoria se encaixa? O teste a seguir pode ajudar a descobrir:

E aí, descobriu quão grande é a sua vontade em arrumar um namorado? Deixe um comentário.