Alguns sintomas de gravidez nos primeiros dias já são bem conhecidos: atraso menstrual, inchaço e cólica. Mas nem sempre eles se manifestam de maneira igual para todas as mulheres, conforme salienta o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli.

“Alguns sinais que podem ser observados são: um inchaço maior, aumento do volume das mamas, náusea e enjoo. A pessoa também pode passar a querer alimentos que antigamente não gostaria de consumir”, esclarece o especialista.

Sintomas de gravidez nos primeiros dias
Enjoos são alguns dos primeiros indícios de gravidez. Foto: iStock, Getty Images

Manifestações rápidas da gravidez

Quando há suspeita de uma gravidez, muitas mulheres ficam confusas sobre os sintomas. Como distinguir, por exemplo, um enjoo normal de um sinal de gestação? Mantelli explica que, no caso da na mulher grávida, ele ocorre por conta do aumento dos hormônios BHCG e progesterona no organismo, que atingem seu pico por volta da décima semana.

Ainda assim, há casos em que os enjoos podem ser recorrentes e incômodos desde o início, quando o nível dos hormônios começa a ficar mais elevado. Em relação à menstruação, o ginecologista lembra que nem sempre a ausência dela é sinônimo de gestação.

“Existem outros problemas que podem causar o atraso menstrual”, salienta. Conheça quais são os principais e fique atenta aos sinais do seu corpo:

  • Deficiência de ferro: se o organismo estiver com falta de ferro, ele deixa de sangrar para poder armazenar mais esse elemento
  • Excesso de atividade física: como organismo está gastando muito, queimando muito, ele tenta armazenar, e a pessoa não menstrua

“Existem ainda casos em que a mulher nunca menstruou. Uma das causas é o hímen imperfurado, quando o sangue fica armazenado dentro do útero. Há também outras circunstâncias, até neurológicas, como problemas no eixo de produção de hormônios – em que o problema está na glândula do cérebro”, resume o especialista.

Sintomas de gravidez nos primeiros dias: fique atenta

Além dos principais sintomas, como enjoos e inchaço, vale ficar alerta a algumas manifestações que podem confundir as mulheres. Por exemplo, o sangramento de escape. Ele pode até se parecer com uma menstruação, mas não é.

“Neste caso, o sangue tem cor escura e o processo ocorre por conta da chamada nidação, que é a fixação do embrião no endométrio. Quando isso acontece, podem se romper alguns vasinhos sanguíneos e gerar esse pequeno sangramento”, sustenta Mantelli.

Muitas mulheres confundem com a menstruação, já que ele acontece exatamente no mesmo período. Geralmente, trata-se de uma pequena quantidade de sangue que aparece por um ou dois dias, com uma coloração de borra de café. Fique atenta às diferenças.

E para você, quais foram os sintomas de gravidez nos primeiros dias? Conte para a gente, deixe o seu comentário!