Os sintomas da dengue nem sempre são fáceis de identificar, o que dificulta o diagnóstico precoce da doença. Depois de tantos surtos no país, buscar informação é a melhor forma de estar prevenido contra o Aedes aegypti e todos os problemas que ele pode causar.

Sintomas da dengue
A transmissão da dengue é dada principalmente pela picada do aedes aegypti. Foto: iStock, Getty Images

Sintomas da dengue clássica

A principal dificuldade do diagnóstico é que a dengue pode ser confundida com diversas outras doenças. Os sintomas da versão clássica são simples e apresentam rápida evolução. Ou seja, é importante ficar de olho e não hesitar em consultar um médico.

  • Febre alta e que surge rapidamente
  • Dor de cabeça forte e sensação desconfortável atrás dos olhos
  • Pouco apetite e perda do paladar
  • Enjoo e vontade de vomitar
  • Sensação de tontura
  • Cansaço e dores musculares
  • Manchas avermelhadas sobre a pele
  • Dores nas articulações e nos ossos
  • Fraqueza

Sintomas da dengueSintomas da dengue hemorrágica

Já os traços da dengue hemorrágica costumam surgir após a melhora da febre. Essa versão da doença é extremamente perigosa e traz risco de morte. Também costuma ser mais comum em quem já teve a doença (mesmo que na versão clássica) em outra oportunidade.

  • Dores fortes na região do abdômen
  • Vômitos constantes e dificuldade para comer
  • Pele esbranquiçada, com temperatura fria e toque úmido
  • Presença de sangramento no nariz, boca e gengivas
  • Fraqueza e muita vontade de dormir
  • Dificuldade para respirar
  • Desmaios
  • Muita sede e sensação de boca ressecada
  • Pulso fraco e extremamente rápido

Tratamento da doença

Não existe um medicamento específico para o combate da infecção. O afetado pelo vírus deve deixar os seus afazeres de lado e repousar muito. Medicamentos como paracetamol podem ser recomendados para o alívio dos sintomas da dengue. Beber muita água é outra indicação dos médicos.

Casos mais graves de infecção podem ser tratados em hospital. Os medicamentos administrados na veia asseguram resposta mais rápida e aliviam rapidamente os sintomas da dengue hemorrágica. O tratamento hospitalar também é recomendado para pessoas hipertensas, com insuficiência cardíaca ou com outras doenças graves.

Mas atenção: o ácido acetilsalicílico deve ser completamente excluído do tratamento dos sintomas de dengue. Esse medicamento pode aumentar os riscos de hemorragias e sangramentos internos. Alguns anti-inflamatórios e corticoides também são perigosos e podem ser substituídos por outras opções.

Em caso de suspeita de dengue, não tenha preguiça ou deixe para lá. Entre em contato com médico e faça todos os exames necessários para o diagnóstico completo de sua saúde. O tratamento rápido trazer alívio instantâneo e diminuir o risco de morte.  

E aí, anotou todos os sintomas da dengue? Agora fique de olho na prevenção!