Para facilitar ou prevenir uma gravidez, saber como calcular o período fértil é uma boa alternativa. Isso porque é no período de ovulação – por volta do 14º dia de um ciclo normal – que a mulher poderá conceber. Nem sempre essa metodologia é a mais segura, mas isso não significa que ela não tenha nenhuma serventia.

O método da tabelinha, também conhecido como calculadora de fertilidade, é uma das formas mais antigas de se evitar uma gestação. Ele consiste em monitorar os dias do ciclo, a partir da menstruação, para se abster das relações sexuais durante o período de ovulação. A seguir, você poderá entender melhor como funciona o cálculo.

Entenda como calcular o período fértil

Inicialmente, é preciso entender que monitorar o período fértil é uma possibilidade para quem tem ciclos regulares, aqueles de 28 dias. Caso contrário, a matemática se torna imprevisível e o método pouco confiável. O dia da menstruação é sempre o primeiro a ser contabilizado. No calendário, portanto, grife bem a data.

O período de ovulação ocorrerá na metade do ciclo, por volta do 14º dia. Para verificar a fase de ovulação, basta contar 14 dias a partir da sua menstruação e você identificará o seu momento mais fértil. É importante ressaltar que você estará ovulando também três dias antes e três dias depois desta data. Marque no calendário.

Se você ainda não entendeu muito bem como funciona o cálculo, é possível resumir da seguinte forma: em um ciclo normal de 28 dias, seu período fértil vai ocorrer entre o 11º e o 17º dia dele. O seu dia mais fértil será o 14º. Se não quiser engravidar, portanto, vale evitar as relações nessas datas.

Para quem almeja monitorar o período de fertilidade em ciclos irregulares, a sugestão é anotar, por volta de um ano, a duração de cada ciclo menstrual. Depois, é necessário subtrair 18 dias ao ciclo mais curto e 11 dias ao ciclo mais longo para verificar quando ocorre o período fértil. Neste caso, não use apenas a tabela como método contraceptivo.

Como calcular o período fértil
Aplicativos ajudam a monitorar o ciclo menstrual. Foto: iStock, Getty Images

Aplicativos para monitorar o período fértil

A tecnologia surge em favor de quem necessita de uma ajudinha para calcular e monitorar o período fértil. Atualmente, já estão disponíveis vários aplicativos que oferecem essa funcionalidade. Confira três deles:

  1. LoveCycles

Basta marcar no calendário o dia inicial da menstruação e pronto, ele vai indicar o seu período fértil. Outra vantagem é que ele possibilita que você anote quando sentiu sintomas de TPM, como dor de cabeça ou queda de pressão. É uma boa alternativa para monitorar o ciclo sem muito esforço.

  1. Meu Ciclo

A principal vantagem do aplicativo é que ele ajuda a acompanhar o período menstrual como um todo: além de monitorar a duração do ciclo, ele ainda a lembra de tomar a pílula anticoncepcional todos os dias, na hora certa.

  1. Sai Cólica

A proposta deste app é ajudar as mulheres a identificarem o seu dia fértil e também o período pré-menstrual, que envolve todos aqueles sintomas de TPM. Assim, você consegue perceber melhor quando os hormônios estão à flor da pele.

E aí, aprendeu como calcular o período fértil? Deixe o seu comentário!