A prisão de ventre é dos problemas intestinais mais comuns no mundo. De acordo com dados da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), 20% da população ocidental apresenta o problema. Para controlar e evitar a condição, uma boa dica é apostar no consumo de frutas laxativas.

Considerando que a prisão de ventre está diretamente relacionada aos hábitos alimentares, diversos são os alimentos que podem influenciar na melhora do problema. Basta optar pelas opções certas e ainda adotar outros hábitos que regulem o funcionamento do intestino.

Dicas de frutas laxativas

A fibra é a principal substância presente nos alimentos que ajudam a evitar a prisão de ventre e outros problemas intestinais. Isso porque elas são parcialmente fermentadas no intestino grosso, diminuindo o tempo de trânsito do bolo alimentar no intestino e aumentando a massa fecal.

As chamadas frutas laxativas são ricas em fibras, mas também em outros nutrientes que ajudam a tratar o problema. A indicação de consumo é de três frutas diárias, sendo duas delas laxativas, que ajudem a oferecer ao organismo equilíbrio.

No topo das frutas laxativas está a ameixa, que além da alta quantidade de fibras também possui ácido diidroxifenil isatina, um potente estimulador da motilidade intestinal. A quantidade ideal é de duas ameixas frescas ou quatro ameixas secas ao dia.

Outra opção é o mamão papaia, que conta com uma substância chamada papaína, grande aliada do intestino. Essa é uma enzima proteolítica, ou seja, que auxilia na digestão de proteínas e diminui o tempo de exposição do bolo fecal, o que ocorre devido a melhora na absorção dos nutrientes. O indicado é consumir de meia a uma unidade da fruta por dia.

Já o abacaxi é rico em bromelina, enzima que tem como principal função contribuir para uma melhor digestão das proteínas da dieta, facilitando o aproveitamento dos nutrientes e favorecendo a digestão pesada. Pode ser consumido até duas fatias da fruta por dia ou ainda usar o abacaxi como suco.

Outras opções que fazem parte da lista de frutas laxativas são o kiwi, o figo, a amora e o abacate, que oferecem substâncias que vão além das fibras para ajudar no tratamento de problemas intestinais.

Frutas laxativas
As frutas laxativas são ricas em fibras e outras substâncias benéficas para o intestino. Foto: iStock, Getty Images

Outros hábitos que podem colaborar

Vale ressaltar que não é apenas a alimentação que influencia na prisão de ventre, sendo um problema que engloba diversos outros fatores. O quadro causa incômodos como a dificuldade de digestão, a velocidade do metabolismo e até mesmo a sensação de constipação, quando fica mais difícil evacuar.

Na maioria das vezes, a prisão de ventre é definida como evacuar menos de três vezes por semana. Geralmente, ela está associada a fezes duras. Quem sofre com o problema pode sentir dor ou ser incapaz de evacuar depois de tentar e de fazer esforço por mais de dez minutos.

Para reverter a situação, além da alimentação rica em frutas laxativas, outros hábitos devem ser adotados no dia a dia. Entre os principais estão a prática regular de atividades físicas, que ajuda a manter o intestino funcionando corretamente. Outro fator indispensável ainda é a ingestão de água, que deve ser aumentada ainda mais devido ao consumo de fibras.

E você, costuma incluir frutas laxativas na alimentação? Compartilhe o artigo!