Muitas vezes é impossível desempenhar todas as atividades propostas para o dia, seja no ambiente organizacional ou doméstico. Se para muitas pessoas centralizar os afazeres é quase uma necessidade instintiva, especialistas apontam que é importante aprender a delegar funções.

“Cada pessoa envolvida deve sentir-se parte do processo, sendo também parte importante nas metas alcançadas. Isso vale tanto para o sucesso de um projeto na empresa, quanto nas arrumação da casa”, explica o presidente do  Instituo Brasileiro de Coaching (IBC) José Roberto Marques.

É hora de delegar funções

Mas, afinal, como identificar quando é a hora certa de delegar funções? Marques enumera nove situações que podem indicar um bom momento para você aprender a descentralizar o controle.

  • Perda de controle: sintoma mais comum. Demonstra que você já não está mais dando conta de resolver tudo sozinho e que é chegada a hora de dividir as responsabilidade com os outros
  • Desorganização: quando o ambiente está desorganizado, é difícil conseguir retomar o controle por conta própria. Delegar funções pode ajudar a colocar a casa em ordem novamente
  • Atraso: é uma das consequências da desorganização. Delegando funções, o foco pode voltar e o histórico de atrasos deve ficara para trás
  • Falta de prioridades: quando falta tempo, é comum que fique difícil definir o que o realmente importa, que precisa ser feito para ontem
  • Ausência de engajamento: sem alguém para realmente controlar as ações – e não aquela pessoa que precisa fazer tudo -, as outras pessoas tendem a ficar perdidas, sem saber exatamente como agir, ou mesmo desmotivadas
  • Problemas de relacionamento: para o bom andamento de uma empresa, o ideal é que todos se deem bem. A falta de uma liderança capaz de entender as demandas pode ser desastrosa
  • Resultados negativos: quando se é muito centralizador, os demais podem achar que os resultados negativos são unicamente de sua responsabilidade. Por isso, se tarefas forem compartilhas, todos estarão cientes de suas posições e seus deveres
  • Desconfiança: comum em qualquer ambiente, a desconfiança pode ser nociva para sua empresa e mesmo no lar. Para tentar vencê-la, mostre a cada um a importância que ele tem e como é importante para os resultados
  • Estresse e cansaço mental: é humanamente impossível resolver tudo sozinho. Se o estresse e o cansaço mental começaram a fazer parte da sua rotina, é a hora de dividir um pouco as responsabilidades.
delegar funcoes-doutissima-iStock getty images
É importante aprender a não centralizar todas as ações. Foto: iStock, Getty Images

Quem é quem

Para superar essas situações, é importante que empreendedores e familiares possuam conhecimento de perfis comportamentais, assim poderão delegar com assertividade cada função.

Além disso, outro ponto muito importante é fazer uma descrição de cargos e atividades, para que fiquem claras as funções e responsabilidades de cada profissional ou membro da família. Cruzando as informações, fica mais fácil criar um ambiente em que todos atuam com satisfação. 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!