Em um mundo onde há uma cobrança cada vez maior por resultados imediatos, um excesso de informações e corrida contra o tempo, o estresse se tornou um problema comum entre as pessoas. Muitas vezes, ele é até algo positivo, podendo ajudar no desempenho no trabalho e em outras tarefas do dia a dia. No entanto, quando vem acompanhado de reações negativas, como medo, desconforto, preocupação, irritação e frustração, o estresse pode desencadear outros problemas sérios, como depressão.

Entenda como o estresse pode bloquear os efeitos positivos de uma alimentação saudável. (Foto: Istock)
Entenda como o estresse pode bloquear os efeitos positivos de uma alimentação saudável. (Foto: Istock)

A relação dos alimentos com o estresse

Um estudo recente realizado pela Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, revelou que o estresse pode até mesmo bloquear os benefícios de uma dieta saudável em nosso organismo. Segundo Jan Kiecolt-Glase, principal autora do estudo, o estresse muda a forma pela qual processamos os alimentos.

Para chegarem a essa conclusão, os pesquisadores aplicaram um questionário em 58 mulheres, que responderam perguntas sobre tipos de situações irritantes que passavam em seus cotidianos. Além disso, elas tinham que comer em dias diferentes dois tipos diferentes de refeições, sendo uma rica em gordura saturada e outra rica em óleo à base de plantas (mais saudável).

O que foi observado é que as mulheres que não estavam passando por uma fase estressante fizeram escolhas mais saudáveis e o corpo reagia bem a elas. No entanto, quando alguém que estava estressada fazia a mesma escolha, o corpo tinha uma resposta inflamatória maior, como se ela tivesse consumido uma refeição gordurosa. Isso quer dizer que o estresse tem poder em ditar como o corpo vai reagir à ingestão desses alimentos. Além disso, as voluntárias que tinham um histórico de depressão também apresentavam mais sinais de inflamação em relação às que nunca tiveram a doença.

Com isso, ficou provado que o estresse pode prejudicar a saúde, mesmo se a pessoa optar por uma alimentação saudável. Isso porque a doença ter o poder de modificar o metabolismo, promovendo a inflamação.

Como identificar os sinais de estresse

O corpo dá vários sinais de que está passando por uma crise de estresse e é preciso estar atento a eles para tratar logo no início e, assim, evitar conseqüências mais graves. Confira alguns desses indícios:
• Tensão muscular
• Perda de apetite
• Problemas de pele, como coceiras, manchas e espinhas
• Alterações bruscas de humor

• Dificuldade de concentração
• Sensação de desgaste
• Formigamento
• Sono em excesso ou insônia constante
• Hipertensão
Problemas de memória
• Crises de ansiedade

Como evitar o estresse

Manter uma rotina saudável é o fator essencial para evitar problemas de estresse e ansiedade. Saiba quais atitudes básicas ajudam nesse cuidado diário da mente e do corpo:

• Dormir bem
• Manter uma alimentação balanceada
• Fazer atividades físicas regulares
• Reservar tempo para momentos de prazer e relaxamento
• Evitar o consumo de café e bebidas alcoólicas.
• Não fumar.
• Ir ao médico regularmente.

Com esses cuidados básicos, você manterá uma boa qualidade de vida e seu organismo certamente irá agradecer. Para saber mais sobre bem-estar e nutrição, não deixe de acompanhar o Doutíssima.