Difícil resistir a uma barra de chocolate. Mas muito mais do que saboroso, sabia que o doce pode ser um bom aliado para a saúde e, até mesmo, ajudar a emagrecer? Para isso, é preciso apostar no chocolate amargo, que tem pelo menos 50% de cacau em sua composição e tem bem menos açúcar do que a versão ao leite.

Conheça os benefícios do chocolate amargo. (Foto: Istock)
Conheça os benefícios do chocolate amargo. (Foto: Istock)

Os benefícios do chocolate amargo

Quanto mais cacau tiver no chocolate amargo, menor a quantidade de açúcar nele e maior a de antioxidantes. O alimento também é fonte de magnésio, cobre, ferro e manganês. Potássio, zinco e selênio também estão presentes, porém em menores quantidades. Por essa razão, seu consumo diário é indicado. Mas, é claro, não é para exagerar! O recomendado é, no máximo, 50 gramas diárias. Confira abaixo os principais benefícios do produto para a saúde:

Aumento do metabolismo

O chocolate amargo aumenta a quantidade de calorias que o organismo utiliza para realizar suas atividades diárias (isso quer dizer que ele queima gordura). Além disso, o alimento tem o poder de retardar a digestão.

Proteção contra infarto

Um estudo feito na Suécia mostrou que o consumo de chocolate amargo, duas vezes por semana, resultou em uma chance 66% menor de morte por doenças ligadas ao coração, como o infarto.

Redução do apetite

O chocolate amargo dá a sensação de saciedade, já que, como citado acima, retarda a digestão. Além disso, os flavonoides presentes nele colaboram para a diminuição da resistência à insulina, o que impede sentir fome, logo após o consumo de açúcar.

Melhoria dos níveis de colesterol

Estudos mostram que o consumo de chocolate com alto teor de cacau pode aumentar as taxas de HDL (bom colesterol) e reduzir os níveis de LDL.

Controle da pressão

O chocolate amargo é rico nas substâncias catequinas e procianidinas, antioxidantes responsáveis por inibir uma enzima que eleva a pressão sanguínea. Isso faz com que o alimento ajude a controlar a pressão arterial.

Estabilização da glicose no sangue

Ao consumir regularmente o produto, ele controla os níveis de glicose no sangue. Isso ajuda a evitar uma liberação excessiva de insulina, hormônio que tem ligação com inflamações e acúmulo de gordura abdominal.

Rico em antioxidantes

O chocolate amargo é um dos alimentos com maior potencial antioxidante. Inclusive, o cacau contém mais antioxidantes que o açaí e o mirtilo.

Aumento da sensação de bem estar

O chocolate amargo libera substâncias que aumentam a sensação de bem estar. A endorfina reduz o estresse, a serotonina é um potente antidepressivo e a anandamida é conhecida como “substância da felicidade”, por possuir propriedades ansiolíticas, antidepressivas e analgésicas.
Nada como aliar sabor a benefícios para saúde. Por isso, pode inserir um tablete de chocolate amargo na sua dieta alimentar, sem culpa! E para saber outras dicas de nutrição, não deixe de acompanhar o nosso site.